INSTALAÇÕES – CHEIRO DE TERRA – PRODUÇÃO

A construção da autonomia relativa dos camponeses perante o capital tem como uma exigência política que o próprio Campesinato seja capaz, de se constituir como uma organização de classe social camponesa. Nesse sentido, o MTC luta pela construção de um projeto popular de agricultura capaz de garantir vida digna no campo. Composto por camponeses e camponesas que lutam pela permanência dos sujeitos no campo, se organiza através dos grupos de famílias que se propõe a produzir alimentos saudáveis para o auto-consumo e, como o excedente, contribuir também comercializando para alimentar o povo Brasileiro.

INSTALAÇÕES

As instalações do polo e da Unidade de beneficiamento de sementes funcionarão no Sítio Cajazeiras, zona rural do município de Igaci e tem a finalidade de estruturar uma área de duas tarefas de terra, conquistada através da organização e luta do Movimento, onde será construído um pequeno complexo agroindustrial de beneficiamento de produtos da agricultura camponesa das comunidades acompanhadas pelo Movimento, visando contribuir para a consolidação da rede de produção e comercialização do MTC e da Marca “Cheiro da Terra”.