Poema do militante

Não espere facilidade, nossa luta é cheia de sacrifícios…

Não espere previlégios

Os trabalhadores não privilegiam indivíduos.

Não esperem mordomias

Elas são propriedades de todo o povo.

Ser militante não é ‘levar vantagens’

É perder o direito e a ociosidade

E a liberdade de falar bobagens.

Se não quiser ter seus passos vigiados

Muito bem… Não caminhe.

Quem não é visto, jamais será lembrado.

Não acreditem em quem quer fazer tudo,

Este indivíduo só existe para si.

Nunca mentir para a gente mesmo

Sabemos onde está a nossa fraqueza.

Se a falsidade nos atrai ao erro

A verdade nos enquadra cedo ou tarde.

Ser militante não é ser estrela

Mais é ser parte do firmamento

Construído com massa e com sonho,

Na terra firme do universo inteiro

Sem ser herói, mártir ou santo.

Mais sendo apenas um grande companheiro (a).

Por Ademar Bogo

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.


*