EDUCAÇÃO

O MTC desde sua consolidação assumiu como bandeira de luta a EDUCAÇAO NO CAMPO, por que entendemos que a luta camponesa não se resumir a luta por terra ou credito, mais por direitos sócias inclusive o direito a educação no campo, nossa atuação junto com outros setores da sociedade vem dado um valorizar contribuição para que a educação do campo seja um direito de todos e dever do estado.Porque para nos a Educação é um direito social e não uma questão de mercado.

A educação enquanto organizadora e produtora da cultura de um povo e produzida por uma cultura – a cultura do campo – não pode permanecer seguindo a lógica da exclusão do direito à educação de qualidade para todos e todas. Tendo como referência a Constituição de 1988, e mais recentemente a Lei de Diretrizes e Bases nº 9.394/96, como marco legal nesse processo de afirmação da educação no campo dos direitos humanos e sociais.

Enfim, o MTC luta por uma educação de qualidade no campo para os filhos dos camponeses e para os próprios camponeses, para que assim, eles não tenham que sair do campo para buscar uma vida melhor na cidade, e principalmente que também tenham condições de permanecer no campo e dele tirar o seu sustento e não perder sua identidade camponesa. Pensando no processo de auto afirmação da identidade camponesas é que o MTC cria o método camponês com jeito próprio de ensinar e aprender, onde estar baseado nos princípios de organização, luta, resistência e produção. É um método de afirmação da educação e da cultura camponesa.

MÉTODO CAMPONÊS
O Movimento dos Trabalhadores e trabalhadoras do campo – MTC ao longo de sua historia tem se desafiado a construir uma metodologia de fazer educação do campo em suas bases que expresse a própria identidade do movimento, a parti do ano de 2008 foi iniciado uma experiência de educação de jovens e adultos chegando alfabetizar mais 800 jovens e adultos mais ainda não foi possível implanta um método próprio de ensinar e aprender que atende-se os sujeitos do campo como protagonista da historia.

CIRANDA DA TERRA
As Cirandas Terra constituem em espaços de possibilidades para as crianças participarem da coletividade, desde a infância. Desse modo, elas se configuram em espaços de construção do coletivo infantil, no qual as crianças aprendem a dividir partindo dos objetos desde o mais simples como: o brinquedo, o lápis, o lanche, até compartilhar a vida em comunidade e, neste sentido, soma-se aos sonhos das crianças quilombolas, indígenas, ribeirinha e às sem tetos, na luta contra as desigualdades sociais, multiplicando assim as vitórias coletivas e, enchendo o campo de alegria, sonhos, utopia; com possibilidade de construir uma educação emancipadora, vinculada a um projeto da classe trabalhadora, para todas as crianças do campo e da cidade.
Conheça a ciranda da terra

NOTÍCIAS

DESTAQUES

VÍDEOS

PUBLICAÇÕES