Camponesa alagoana representa o Brasil em Congresso internacional na Espanha

Por Mayrá Lima

Pela primeira vez, Eliane Farias embarcou em um avião e foi para fora do Brasil. O destino? Ciudad Real, Espanha. A pescadora representou o Brasil e as mulheres do município alagoano de Jequiá da Praia em palestra realizada durante a conferência internacional de comemoração do 40º aniversário da Associação de Família e Mulheres do Meio Rural (AFAMMER), associação espanhola que apoia o trabalho de mulheres rurais.

Luquinha, como é conhecida Eliane Farias, foi compartilhar com mais de 400 mulheres de todo o mundo a experiência do trabalho que transforma a casca do siri em adubo orgânico. O projeto Reflorescer é realizado por mais de 50 mulheres de Jequiá da Praia e ajuda na despoluição da Lagoa Jequiá, no mesmo município. Além disso, a iniciativa, que possui o apoio do Movimento dos trabalhadores e trabalhadoras do Campo (MTC), garante renda para as mulheres da Associação de Mulheres em Ação de Jequiá (AMAJE).

“Eu fiquei muito feliz em representar todas as mulheres rurais; mulheres do Brasil, de Alagoas e, principalmente, de Jequiá da Praia; nós mulheres rurais, mulheres pescadoras, mulheres que pegam no pesado, precisamos muito do reconhecimento e nos fortalecermos umas às outras”.

O convite para a conferência na Espanha ocorreu depois que a AMAJE, que é composta por pescadoras, marisqueiras, artesãs nas comunidades ribeirinhas, foi premiada com o primeiro lugar no prêmio nacional “Mulheres Rurais Espanha Reconhece”. Em abril de 2022, a Embaixada da Espanha do Brasil concedeu a honraria às mulheres de Jequiá da Praia, que concorriam ao prêmio em dinheiro com mais de 400 trabalhos inscritos de todo o país.

“A minha palavra na Espanha foi sobre a união e o fortalecimento das mulheres. Porque nós sozinhas somos fracas, igual a fio de cabelo. Mas se a gente juntar todas as mulheres do Brasil e do mundo; se pegarmos os nossos cabelos e juntarmos, podem puxar, esticar que ele não se quebra facilmente. Nós juntas, na mesma marcha sobre os nossos direitos, a luta, a terra, o trabalho, vamos vencer e obter muitas conquistas daqui pra frente”, disse Luquinha, que também preside a AMAJE.

Além do MTC, o projeto conta com o apoio da prefeitura de Jequiá da Praia, do ICMBio Reserva de Jequiá, além do projeto Terra Mar, da Rede Costa dos Corais.

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.


*